Questão:
Qual jurisdição se aplica a uma embarcação?
kevin
2015-05-29 18:08:13 UTC
view on stackexchange narkive permalink

Considere uma aeronave registrada no país A. Em um voo operado por um avião comercial com base no país B, ela transporta passageiros em um voo do país X para o país Y. A trajetória do voo sobrevoa o espaço aéreo do país C e o espaço aéreo internacional.

Suponha que os países A, B, C, X e Y tenham idades legais para beber diferentes.

Qual é a idade legal para beber neste voo? O mesmo se aplica a navios?

O que for maior?
A Convenção de Tóquio pode ser interessante, mas não sei o suficiente sobre ela para formar uma resposta completa.
A resposta curta é, na ausência de um tratado ou convenção que rege, então a lei do país sobre o qual o local está localizado governará enquanto o avião estiver sobrevoando. As leis de um país geralmente se estendem para cima a partir de suas fronteiras (e para baixo para o controle dos direitos minerais, etc.).
@DavidC.Rankin Post como uma resposta?
related question on Avation SE: http://aviation.stackexchange.com/questions/12532/is-there-a-set-of-laws-which-govern-international-flights
Um responda:
#1
+5
David C. Rankin
2015-05-29 23:57:46 UTC
view on stackexchange narkive permalink

A resposta curta é, na ausência de um tratado ou convenção que rege as viagens, a lei do país sobre o qual o avião está localizado rege enquanto o avião estiver sobrevoando. As leis de uma jurisdição (um país ou estado) são geralmente consideradas como estendendo-se para cima a partir de seus limites (e para baixo para o controle dos direitos minerais, etc.).

Há uma série de casos jurisdicionais em que a citação (apresentação ao réu uma cópia da citação para iniciar um processo civil) ou uma prisão ocorreu a bordo de uma aeronave onde a ação teve que ocorrer um determinado país ou estado para invocar jurisdição.

Conforme mencionado na primeira frase, não há nada que impeça os países de entrar em um tratado ou acordo que alteraria o esquema básico, mas na ausência de um tratado ou convenção, o esquema básico de extensão de limite seria aplicável.

Eu esperava que isso estivesse correto, mas todas as pesquisas que fiz para melhorar sua resposta com citações indicam que as leis do país de registro se aplicam.
Você deve separar as leis que regem quem é responsável pela aeronave e os problemas com a aeronave e as leis que regem a jurisdição pessoal dos passageiros a bordo. Embora, por regulamento, o país de registro seja responsável pela 'aeronave' (vemos que na Malásia Flight 370 Investigation), o situs geral da aeronave governa a jurisdição e as leis aplicáveis ​​àqueles a bordo em qualquer momento em voo (além das leis aplicáveis ​​ao terrorismo). Duas áreas diferentes do direito.
Isso significa que se um vôo sobrevoar a Arábia Saudita, todas as mulheres no avião devem colocar um véu (presumindo que seja obrigatório lá)?
Existe algo na lei conhecido como "realismo legal", originalmente adaptado como uma explicação de por que os juízes deveriam ter mais discrição na sentença quando um crime aparentemente trivial ditaria uma sentença de prisão perpétua sob o quadro de "3 strikes and your out" (ou o gostar). Um palavrão para garantir que os juízes tenham liberdade para garantir que "a punição se ajusta ao crime". É aplicável em muitas áreas, como aqui. Embora possa haver um argumento técnico de que todas as mulheres deveriam usar burkas (sp?) Pela Arábia Saudita, a realidade legal da situação reconhece que "isso não vai acontecer".


Estas perguntas e respostas foram traduzidas automaticamente do idioma inglês.O conteúdo original está disponível em stackexchange, que agradecemos pela licença cc by-sa 3.0 sob a qual é distribuído.
Loading...